Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sweet Kitchen by Ana

Sweet Kitchen by Ana

03
Jan17

Hoje é dia de usar o microondas: Sopa de Abóbora e Espinafres

Ana Catarina

Sopa de Abóbora e Espinafres no microondas

Ingredientes:

-300gr de abóbora

- 2 batatas médias

- 3 cenouras

-1 cabeça de nabo

- 2 cebolas

-3 dentes de alho

-1,6 dl de água

- 4 colheres de sopa de azeite

- 1/2 molho de espinafres

- uma pitada de sal

Modo de preparação:

Coloque os legumes previamente descascados, lavados e cortados aos pedaços num recipiente fundo, próprio para ir ao microondas. Cubra-os com parte da água e regue com o axeite. Coza-os, com o recipiente tapado, durante 10 minutos, na potência máxima. Arranje os espinafres e corte-os em pedaços pequenos. Lave-os e escorra-os bem. Triture os legumes na água  da cozedura e acrescente a restante água. Tempere com sal e leve ao microondas durante mais 2 minutos. Por fim, adicione os espinafres e mexa bem a sopa. Cozinhe durante mais 5 minutos na potência máxima. Sirva bem quente.

Sugestão:

Sirva a sopa com 50gr de bacon cozido, de preferência na água de cozedura com os legumes e cortado aos pedacinhos, assim tornará a sopa ainda mais saborosa!

Resultado de imagem para sopa de abobora e espinafre

(foto de O Quintal)

 

02
Jan17

Qualquer maiato deve ler isto...

Ana Catarina

Há dias descobri uma receita de uns biscoitos que têm um grande valor simbólico pela representação histórico-lendária que carregam. São nem mais nem menos do que os biscoitos maiatos!

Deixo-vos, na intriga, a receita destes biscoitos com uma pequena introdução que encontrei no site do Turismo da Maia:

"A Terra da Maia nos meados do século XII corresponde, de acordo com as Inquirições Gerais efetuadas por ordem do Rei Bolonhês, ao Julgado da Maia. Antiquíssima, portanto, estendia-se desde a cidade do Porto, outrora limitada a breve espaço, até à margem esquerda do Rio Ave.

Área de grande significado político, social e militar, a Terra da Maia foi berço dos Mendes da Maia, poderosos caudilhos regionais “portugalenses”, que juntamente com o primeiro Rei devem justamente ser considerados como co-fundadores duma nacionalidade politicamente autónoma no Ocidente da Ibéria: Portugal.

Os Biscoitos da Maia, de mais que provável origem conventual, evocam, nas suas formas mais utilizadas – a espada e o escudo – a figura de Gonçalo Mendes da Maia, o Lidador, patrono da Terra da Maia, guerreiro de lendários feitos, braço direito do rei D. Afonso Henriques na Reconquista.

Esta iguaria, de grande valor simbólico, constitui um doce encontro entre a história e a lenda. Deguste-os e participe neste momento mágico de evocação de um dos maiores maiatos – Gonçalo Mendes da Maia.

Ingredientes:

- 1 Clara de Ovo
-
100g de Açúcar
-
100g de Margarina
-
200g de Farinha com Fermento
-
Açúcar em Pó q.b.

Preparação:

Bate-se 1 clara de ovo com 100g de açúcar até ligar, juntam-se 100g de margarina derretida, 200g de farinha com fermento, amassa-se e logo que a massa descole das mãos, tendem-se os biscoitos. Vão a cozer ao forno, em tabuleiros untados com margarina e polvilhados com farinha. Depois de cozidos, passam-se por calda de açúcar em ponto de pasta."

Biscoitos da maia 009 1 515 315

 

(Receita e foto retiradas de: http://www.visitmaia.pt/)

 

Pág. 2/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Ajuda este blog a crescer...

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D